• 17 3622-1540

CÓDIGO:    SENHA:

  • Página inicial
  • Fale conosco
  • Enquete
  • Webmail
Av. Francisco Jalles, 3097, Centro - Jales/SP | CEP: 15700-110

História da ACIJ

A Associação Comercial e Industrial de Jales (ACIJ) foi fundada em 25 de novembro de 1964 refletia o sonho de toda uma sociedade. Desde então, a instituição acumula uma trajetória de credibilidade e transparência em administração que não dá para ignorar.

Tudo começou graças a visão do líder empreendedor Sr. Oscar Almeida Rayel, que há mais de 40 anos, percebeu que Jales tinha muito a ganhar se os seus empresários se unissem em uma associação, unindo forças que naquela época já se consolidavam. Com o total apoio do então prefeito Roberto Rollemberg, fundou a instituição e tornou-se o primeiro presidente.

Atendendo as normas do estatuto, dois anos mais tarde, a Associação elegeu seu segundo presidente: Idair Lopes e coube a ele a função de consolidar o quadro de associados, que no começo tinha apenas 32 empresários.

Em seguida, Vassilos Mistilides, o terceiro presidente, prosseguiu em seus dois mandatos a tarefa de unir os comerciantes em torno de uma só causa: o progresso da cidade e o fortalecimento da Associação. Esse trabalho teve continuação durante a gestão de Mário Schutz, Setuo Suetugo, Jayme Pedro Pêgolo e Dauri Rosalino, entre os anos de 1971 e 1978. Nesse período, a Associação se firmou definitivamente com uma das entidades mais renomadas de nossa região.

Foi na gestão de Setuo Suetugo, conhecido como Sr. Toninho, que foi fundado o Serviço de Proteção ao Crédito, um dos mais importantes serviços prestados pela Associação até hoje.

Na época que foi administrada por Jaime Pêgolo, a entidade estreitou os laços e intensificou a parceria com a FACIP - Feira Agrícola Comercial e Pecuária de Jales, que instalou um pavilhão especialmente para abrigar os associados e expor seus produtos.
Entre os pontos marcantes da gestão de Dauri Rosalino está a incansável luta contra os chamados marreteiros, que traziam mercadorias de outras localidades para vender em Jales, concorrendo diretamente com os empresários locais.

Oliveira Amaral, um dos que administraram a entidade por um maior período, foi um batalhador, defendendo os empresários em diversas ocasiões e sempre buscando o fortalecimento da categoria. Um dos destaques de sua gestão foi o trabalho de mobilização da sociedade para manter em atividade a Faculdade de Ciências, Filosofia e Letras.

Outro passo importante para a Associação foi na gestão de Nelson Samartino, através da inestimável colaboração do então vereador José Gatti. O presidente conseguiu o terreno e iniciou a obra de construção da nova sede própria, na av. Francisco Jalles.

Como muitos dirigentes citados, Silvio Vicente Marques, pessoa carismática e de bom convívio, sempre participou das atividades da Associação, seja como diretor ou como presidente. Em sua gestão, deu continuidade às realizações do seu antecessor, principalmente, na construção da sede e participando efetivamente da implantação do Distrito Industrial II. Foi naquela época, que a Associação deu início às grandes promoções, através da Semana do Freguês, que se tornou o embrião de todas as grandes promoções posteriores.

Quando Daime Antonio Mistilides assumiu a presidência, também deu continuidade à obra de construção da sede e assim, foram feitas muitas reuniões e a diretoria daquela época, aos poucos, conseguiu finalizar a empreitada.
Com a liderança de Jaime Antonio de Barros, a entidade alcançou grandes conquistas. Entre elas, a informatização do SCPC com a construção do Salão de Festas. Jaime de Barros também teve atuação fundamental na conquista do 2º Pavilhão de Exposições da FACIP.

Com a mesma garra dos grandes empreendedores que presidiram a Associação, Milton Antônio Pedrosa percebeu que os empresários e a Entidade, de uma forma geral, teriam muito mais a ganhar se o município se transformasse em um pólo turístico e, por isso, lutou com afinco para tanto, mas infelizmente, por problemas políticos, o projeto não foi adiante.
Ao perceber o crescimento e desenvolvimento econômico de Jales, o presidente Alexandre Alves Rensi decidiu que seria necessário ampliar o prédio da sede e construiu o 1º andar. Foi também no mandato de Rensi que a Associação assumiu totalmente o serviço de informatização, até então feito por uma empresa terceirizada, implantando o 1º Sistema de Faturamento e Controle de Associados e informatizando o Sistema de Pesquisas do SCPC, eliminando o Serviço Manual de Consultas. Rensi também realizou uma reforma na estrutura organizacional, profissionalizando o quadro de funcionários, contratando e registrando profissionais efetivos. Foi nessa época que a Associação passou a prestar o Serviço de Assessoria Jurídica aos seus associados.

Já sob o comando de Jorge Valério, a Associação teve dias de intensas atividades sociais, com encontros periódicos entre os associados, seja no Café Empresarial ou no Happy Hour, quando, a cada 15 dias, podiam trocar idéias sobre suas empresas, encontrar soluções para problemas comuns e ainda planejar novas promoções para aquecer as vendas no comércio. A integração da classe empresarial foi o ponto alto da gestão de Jorge Valério, que também deu continuidade ao trabalho de informatização da Associação e terminou a construção do terraço da sede.

A integração dos serviços de Proteção ao Crédito da entidade com os outros do Estado de São Paulo e do resto do país veio logo a seguir, já na gestão de Dimas Costa. Durante o tempo em que permaneceu na presidência, Dimas iniciou uma parceria com o SEBRAE SP que já rendeu frutos como o Balcão do SEBRAE e a realização de inúmeros cursos, seminários e palestras. A parceria que se mantém até hoje permite que a entidade seja representante do SEBRAE nas áreas do Comércio, Indústria e Prestação de Serviços. Foi também na gestão de Dimas que foi fundado o Fórum da Cidadania, organização que envolve as principais lideranças da cidade. Durante a gestão de Dimas, a Associação atuou de forma decisiva nas negociações para a instalação do Supermercado Proença, em Jales, hoje uma importante fonte de geração de emprego e renda para o município.

A gestão de Onivaldo Simioli, que trabalhou para a instalação das unidades da Delegacia de Polícia Federal e a Justiça Federal, inclusive com a doação de móveis e equipamentos, para viabilizar seu pronto funcionamento em Jales. Foi na gestão de Simioli que ocorreu a capacitação de mais de 2000 pessoas, pelo curso Brasil Empreendedor, promovido pelo SEBRAE SP.

Foi na gestão de Luiz Carlos Gonzaga que houve a implantação efetiva do projeto Empreender, em parceria com o SEBRAE SP e a FACESP, que possibilitou a profissionalização de pessoas de diversos segmentos empresariais, entre eles, Mecânica, Auto Peças e Artesãos. Foi também sob o comando de Luiz Carlos que a diretoria da entidade mudou seu estatuto para adotar a nova nomenclatura, do nome ACIJ para ACE - Jales, entrando em sintonia com todas as associações comerciais do Estado. Luiz Carlos também regulamentou e organizou a Zona Azul na cidade.

Alexandre Rensi presidiu a Associação em dois mandatos consecutivos (gestão 2004 / 2008), suas principais conquistas foram: compra de um terreno para a construção de auditório e parte do novo salão de festas da ACE. A gestão do Rensi se destacou pelas parcerias realizadas junto às instituições públicas e privadas como SEBRAE, SENAI, SENAC, Prefeitura Municipal de Jales, UNIJALES, UNIFEV e demais instituições, aumentando assim a credibilidade e a participação dessa instituição na busca do desenvolvimento econômico de Jales e região.

Em março de 2008, Valdomiro Rosa assumiu a presidência da ACE, e administrou essa instituição até maio do corrente ano. Por motivos particulares foi pedido um afastamento, assumindo assim, Wayner Suppo Pedrosa.

Em Junho de 2008, o empresário Wayner Suppo Pedrosa assumiu a presidência da entidade e permaneceu no cargo até 12 de julho de 2011, quando por motivos particulares, renunciou a presidência. Em sua gestão, Wayner iniciou a reforma de sede da Associação Comercial. O salão principal, utilizado para eventos da entidade e de associados, foi completamente climatizado, assim como a sala de treinamentos, no primeiro andar do prédio. Também foi realizada uma ampla reforma na cozinha do salão principal.

Ao assumir a presidência, em 13 de julho de 2011, o empresário Antonio José da Cruz deu continuidade às reformas do prédio, construindo o toallete feminino e a sala de coffe break do anfiteatro. Ele também foi responsável pela reforma e climatização da recepção da entidade e promoveu uma reorganização dos setores, como a junção dois departamentos, SCPC e recepção, para melhor atendimento ao público. Sua gestão terminou em 29/02/2012.

Em 01 de março de 2012, tomou posse, após eleição da nova diretoria, o empresário Alexandre Alves Rensi, que pela 4ª vez assume a presidência da entidade. Já no início de sua gestão criou os Núcleos da Mulher Empreendedora e de Empresas de Tecnologia e Informação - NETI, ambos ainda em fase de desenvolvimento. Ele também reafirmou a parceria da ACE com o SEBRAE. Na seqüência, convocou Assembléia Extraordinária para trazer de volta o nome que a entidade, que foi fundada em 24/11/1964 com o nome de Associação Comercial e Industrial de Jales – ACIJ. No dia 28 de fevereiro de 2012, a entidade votou a chamar-se ACIJ.



<< Voltar

PALESTRA REFORMA TRABALHISTA

  • Palestra - Reforma trabalhista 2017

[+] saiba mais

CALENDÁRIO ACIJ

  • Calendário
CONSUMIDOR

  • Banner
PUBLICIDADES

  • Banco de currículos
  • Fatec - Jales
  • ETEC Jales
  • Prefeitura de Jales
  • Anuncie aqui
CLIMA
PARCEIROS

Sophus tecnologia
REDE SOCIAL

Associação Comercial e Industrial de Jales
Av. Francisco Jalles, 3097 - Centro - Jales/SP
acijales@acijales.com.br

Desenvolvido por SOPHUS TECNOLOGIA